© 2016 Direitos Reservados para ACETUR 

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon

35 99727 9163 vivo

aceturcarrancasmg@gmail.com

Parceiros Institucionais

INFORMAÇÕES BÁSICAS

. DDD: 35

. Emancipação do município: 27 de dezembro de 1948

. Área: 727,893 km2.

 

. Padroeiro: Nossa Senhora Conceição

. Datas Comemorativas Religiosas: 15 de agosto / 8 de dezembro

. População: 3948 habitantes (2010).

 

. Gentílico: carranquense.

 

. Localização: 275 km de Belo Horizonte, no sul de Minas Gerais.

Municípios limítrofes - Itutinga, Luminárias, Itumirim,  Minduri, Cruzília,

São Vicente de Minas, Andrelândia, Madre de Deus de Minas e

São João Del Rey.

 

. Distritos:

Carrancas de Baixo

Carrancas de Cá

Nossa Senhora da Conceição do Rio Grande

Nossa Senhora da Conceição de Carrancas

. Mesorregião: Sul de Minas

. Microrregião: Lavras

. Altitude da sede: 959 m

. Temperatura: 

Média anual: 20º C

Média máxima anual: 25º C

Média mínima anual: 14º C

. Estação seca: Abril a Outubro

. Estação chuvosa: Novembro a Março

. Relevo: 

Altitude da sede: 1.060 m

Altitude máxima: 1.590 m - Serra da Chapada

Altitude mínima: 896 m - Represa de Camargos

. Topografia:

Plano: 10%

Ondulado: 40%

Montanhoso: 50%

. Hidrografia:

Carrancas é considerada uma das regiões de maior densidade

demográfica de Minas Gerais, suas terras são banhadas pelos rios, 

Capivari, Pitangueiras, Ribeirão de Carrancas e Represa de Camargos.

. Bacia: Rio Grande

. Vegetação

Carrancas está situada em uma faixa de transição entre o cerrado e a mata atlântica, onde há predomínio de campos rupestres, matas de galeria (densas florestas estreitas, de árvores maiores, que margeiam os cursos d'água) e campos naturais com predominância de gramíneas e ciperáceas. A área é rica em espécies, especialmente das famílias Orquidáceae, Asteraceae e Melastomatoceae. Existe também a presença de Podocarpus e campos naturais substituídos por pastagens de Brachiaria. Em geral o que se observa são pequenas árvores de troncos torcidos, curvos e de folhas grossas, esparsas em meio a uma vegetação rala e rasteira e com pontos específicos de vegetação arbórea densa, o chamado Cerradão.

O ambiente ainda conserva muitos remanescentes significativos da vegetação nativa, tanto em campos limpos quanto em formas florestais, como candeias, óleo copaíbas, ipês amarelos, corticeiras, jequitibás, barbatimão, entre outras." ( fonte: www. carrancas.com.br)

. Fauna:

Por estar localizada em um ambiente ecologicamente equilibrado, Carrancas apresenta uma grande variedade de animais e plantas típicos da área de transição Cerrado/Mata Atlântica, como: lontras, seriemas, coelhos, raposas, tatus, pacas, calangos, teiús, serpentes, perdizes, garças, veados, capivaras, catetos, pacas, lontras, raposas, lebres. "Hoje no Cerrado, 178 espécies encontram-se ameaçadas de extinção".

(fonte: www.carrancas.com.br)

. Principais atividades econômicas: 

Fabricação de produtos alimentícios e bebidas

. Clima:

Tropical de Altitude – verões amenos e úmidos com média máxima anual de 26,20ºC e invernos frios e secos, com média mínima de 13,90ºC.

Temperatura – média de 10C a 25C.

Precipitação média anual: 1059 mm, distribuídas em duas estações, com cerca de 80% das chuvas concentradas entre setembro e abril, e uma estação seca entre maio e agosto. Porém, períodos de seca de uma a três semanas, os veranicos, podem ocorrer durante a estação chuvosa especialmente nos meses de janeiro ou fevereiro.  


Serviços:

Supermercados, farmácias, Caixa Econômica, Banco do Brasil, Correio com atendimento do Bradesco, Hospital, posto de saúde e destacamento da Polícia Militar.

EVOLUÇÃO ADMINISTRATIVA

Distrito criado por res. régia n.30, de 19 de julho de 1813 e Lei Estadual nº 2, de 14 de setembro de 1891; transferido do Município de Turvo (depois Andrelândia) por Lei Estadual nº 319, de 16 de setembro de 1901.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911 e nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o Distrito de Carrancas figura no Município de Lavras.

No quadro fixado pela Lei Estadual nº 843, de 7 de setembro de 1923, figura no Município de Lavras o distrito, sob a denominação de N. S. da Conceição de Carrancas ­assim permanecendo em divisão administrativa referente ao ano de 1933.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1936, o distrito se denomina Carrancas; em divisão territorial de 31-XII-1937, o distrito se denomina N. S. da Conceição de Carrancas

- e no quadro anexo ao Decreto-Lei Estadual nº 88, de 30 de março de 1938, o distrito está grafado N. S. da Conceição de Carrancas - sempre figurando no Município de Lavras.

Pelo Decreto-Lei Estadual nº 148, de 17 de novembro de 1938, o Distrito de N. S. da Conceição de Carrancas voltou a denominar-se Carrancas e foi transferido do Município de Lavras para o novo Município de Francisco Sales.

Em 1939-1943, o Distrito de Carrancas figura no Município de Francisco Sales. Pelo Decreto-Lei Estadual nº 1058, de 31 de dezembro de 1943, o Distrito de Carrancas adquiriu parte do Distrito de Luminárias, do Município de Itumirim. No quadro fixado pelo referido Decreto-Lei 1058 para vigorar no quinquênio 1944-1948, o Distrito de Carrancas permanece no Município de Francisco Sales. Elevado à categoria de Município pela Lei nº 336, de 27-XII -1948 que fixou o quadro territorial para 1949-53, composto de 1 distrito, Carrancas. Assim permanece no quadro fixado pela Lei nº 1039, de 12-XII­1953 para vigorar no período 1954-58, comarca de Andrelândia.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Fonte: IBGE

1/2